Dê Play




A saída de cena de um dos maiores compositores do cinema

News3

Aos 90 anos, o compositor John Williams, autor de trilhas sonoras antológicas como as de E.T.: O Extraterrestre e Tubarão, indicado 52 vezes ao Oscar e vencedor de 5 estatuetas, anunciou em entrevista à Associated Press que irá se aposentar do cinema. "No momento, estou trabalhando em Indiana Jones 5. Harrison Ford, que é um pouco mais jovem que eu, já anunciou que este será seu último filme. Então pensei: se Harrison pode fazer isso, talvez eu também possa", completou. Ford tem 79 anos.

O compositor, no entanto, não se aposentará da música e está se dedicando a compor música de concerto para o renomado pianista ucraniano Emmanuel Axe. Ainda este ano, Williams lançará o álbum A Gathering Of Friends, com Yo-Yo Ma, gravado com a Filarmônica de Nova York. O trabalho contará com novos arranjos para as trilhas de A Lista de Schindler, Lincoln e Munique.

Na entrevista, Williams reflete sobre a importância da música em sua vida. "A música pode elevar o pensamento de alguém ao nível da poesia. Podemos refletir sobre o quanto a música tem sido necessária para a humanidade. Eu sempre gosto de especular que a música é mais antiga que a linguagem, que provavelmente estávamos tocando tambores e soprando em palhetas antes que pudéssemos falar. Portanto, é uma parte essencial da nossa humanidade", diz ele.

Em sua carreira de mais de 60 anos, ele compôs mais de 100 trilhas sonoras. A lista é excepcional e reconhecível aos ouvidos de milhões de pessoas: Star Wars, Jurassic Park, Contatos Imediatos de Terceiro Grau, Superman e até Harry Potter.

Fonte: Veja

Deixe seu comentário